Prefeitura de SP estuda colocar grades na praça Roosevelt durante o Carnaval

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/02/1858518-prefeitura-de-sp-estuda-colocar-grades-na-praca-roosevelt-durante-o-carnaval.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/02/1858518-prefeitura-de-sp-estuda-colocar-grades-na-praca-roosevelt-durante-o-carnaval.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/02/1858518-prefeitura-de-sp-estuda-colocar-grades-na-praca-roosevelt-durante-o-carnaval.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, arte

Para garantir a restrição à concentração e dispersão de blocos na praça Roosevelt (centro de SP) durante o Carnaval, a gestão João Doria (PSDB) estuda colocar grades em pontos de acesso à praça.

O recurso já era utilizado na Vila Madalena (zona oeste) e será ampliado neste ano a outros bairros da prefeitura regional de Pinheiros.

"Ainda estamos discutindo. Seria para direcionar o fluxo, não uma coisa ostensiva", diz Eduardo Odloak, prefeito regional da Sé. Nesta segunda (13), o secretário municipal de Cultura, André Sturm, também ressaltou que não haverá "marcador" para contar o número de pessoas na Vila Madalena. "Não serão os muros que evitarão as pessoas de entrar, mas efetivamente as próprias pessoas."

Atendendo a reclamações de moradores afetados pela a bagunça, a prefeitura repetiu medida da gestão Fernando Haddad (PT), proibindo na região blocos com previsão de público maior que 20 mil pessoas. Como "ímã" da dispersão, haverá palcos com shows em três pontos da cidade –excluindo a periferia, que no ano passado também recebeu programação cultural.

Leia mais na Folha de São Paulo

Rate this item
(0 votes)

O Paulista.com é um portal de informação jornalística da Agencia Expressão X. Nosso compromisso é levar informação e entretenimento da melhor qualidade para toda Grande São Paulo.

Assine nosso Boletim Semanal

Fotos +Populares